"Compromisso com o cidadão"

Informações Turísticas
 
O cenário calmo, de Mata, hoje é...
O cenário calmo, de Mata, hoje é quebrado pelos turistas que enriquecem os ideais da comunidade que é o de tornar este local um grande centro turístico e Patrimônio da Humanidade. O turismo influi diretamente na economia do Município, pois se constitui de importante fator de desenvolvimento. O Município de Mata, possui numerosas atrações culturais e turísticas, sendo um verdadeiro "Museu a Céu Aberto". É o maior reduto de fósseis do Brasil. O município foi reestruturado para melhor atender a demanda de turistas. Científico, Ecológico, Cultural, Religioso, Aquático e Rural. Entre os pontos turísticos a serem visitados, destacamos os segu...
Leia mais
HISTÓRICO LEGISLATIVO MATENSE
 
DATA DE CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO:
O Município de Mata (RS), através da Lei Estadual nº 4.836, de 02/Dezembro/1964, Publicada no Diário Oficial do Estado em 04/12/1964, sob o nº 119, foi criado, portanto, em 04 de Dezembro de 1964.

LEI ESTADUAL N º 4.836, DE 2 DE DEZEMBRO DE 1964.

CRIA O MUNICÍPIO DE MATA.

ILDO MENEGHETTI, Governador do Estado do Rio Grande do Sul:
Faço saber, em cumprimento ao disposto nos artigos 87, inciso II e 88, inciso I, da Constituição do Estado, que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono e promulgo a Lei seguinte:
Art. 1º - É criado o novo Município de Mata, com Sede na localidade do mesmo nome, constituido dos atuais Distritos de Mata, Clara e de parte do de Demétrio Ribeiro, todos pertencentes a General Vargas.
Art. 2º - A área do novo Município é assim delimitada:
Ao Norte - começa no entrocamento da estrada que vem de Mata, com a estrada de São Xavier; continua por esta estrada até sua intersecção com a linha seca e reta que liga as nascentes dos Arroios Guaçatunga (ex-Pessegueiro) e Igaretá (ex-Canoas);
Ao Leste - começa na intersecção da linha seca e reta que liga as nascentes dos Arroios Guaçatunga e Igaretá com a estrada de São Xavier, segue por aquela linha até a nascente do Arroio Igaretá, pelo qual desce, até confluir com o Rio Toropí;
Ao Sul - começa na confluência do Arroio Igaretá com o Rio Toropí, pelo qual desce, até confluir com o Arroio Taquarichim;
Ao Oeste - começa na confluência do Rio Toropí com o Arroio Taquarichin, subindo por este até confluir com o Arroi do Panta, pelo qual segue, águas acima, até a confluência de suas nascentes, de onde, por linha seca e reta, de menor distância, alcança o leito da Ferrovia Mata-Demétrio Ribeiro; daí, ainda por lina seca e reta, alcança a nascente sul do Arroio Santo Antônio, por cujas águas segue até encontrar a mesma via férrea, e segue pela via férrea em Direção a Demétrio Ribeiro, até seu cruzamento com a estrada que vem de Mata, segue por esta estrada até seu entroncamento com a de São Xavier.
Art. 3º - A Câmara Municipal, para o primeiro período legislativo, será constituida de sete membros, que terão concluídos seus mandatos a 31 de Dezembro de 1967.
Art. 4º - Os mandatos do primeiro Prefeito e Vice-Prefeito extinguir-se-ão em 31 de Dezembro de 1967.
Art. 5º - Revogam-se as disposições em contrário.
Art. 6º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua Publicação.

PALÁCIO PIRATINI, em Porto Alegre, 2 de dezembro de 1964.

ILDO MENEGHETTI
Governador do Estado
Paulo Brossard de Souza Pinto
Secretário do Interior e Justiça
Ruy Cirne Lima
Secretário da Fazenda
Synval Guazzelli
Secretário das Obras Públicas
Adolfo Antônio Fetter
Secretário da Agricultura
Ariosto Jaeger
Secretário da Educação e Cultura
Octávio Omar Cardoso
Secretário da Administração. Subst.
Léo Etchegoyen
Secretário da Segurança Pública
Octávio Omar Cardoso
Secretário da Economia
Arnaldo da Costa Prieto
Secretário do Trabalho e Habitação
Hélio Helbert dos Santos
Secretário da Saúde
Tertuliano Bofill
Secretário dos Transportes
Bernardo Geisel
Secretário de Energia e Comunicações


DATA DA INSTALAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRAVIA:
Em homenagem a Santo Antônio, Padroeiro do Município, a Instalação Político-Administrativo ocorreu no ano seguinte, na data de 13 de junho de 1965.

O Poder Legislativo, é exercido pela Câmara de Vereadores, a Câmara Compõem-se de Vereadores eleitos de quatro em quatro anos, simultaneamente com o Perfeito e Vice-Prefeito, pelo sistema de representação proporcional e sufrágio universal e direto dos eleitores do Município. A realização da eleição para a renovação da Câmara de Vereadores se fará nas datas determinadas pela Lei Eleitoral. É fixado em 09 (nove) o número de vereadores, de acordo com o artigo 151º da Constituição Estadual.


Relação Completa dos Adiministradores do Município
 

Todos os direitos reservados a Câmara Municipal de Vereadores - Mata (RS)
Desenvolvido por FP2 Tecnologia